Verbetes:

cidade

Eduardo Guimarães


          A palavra cidade significa um espaço geográfico caracterizado por uma concentração populacional que se dedica a atividades econômicas (comércio, indústria, mercado financeiro, atividades culturais, etc) não rurais (agricultura, pecuária, etc). Um aspecto interessante é que a palavra cidade deu origem a palavras como cidadão da qual se originou cidadania. Mas o sentido de cidade não se manteve nesta linha de sentidos dela derivados. Tanto que o sentido de cidade se relaciona diretamente com o sentido de urbano. A vida na cidade é uma expressão com um grau importante de sinonímia com a expressão a vida urbana. Assim a palavra cidade se aproxima do sentido do urbano, que vem da palavra urbe.

            Por outro lado, a relação da palavra cidade com a palavra cidadão se mantém quando esta for tomada como sinônimo de pessoa. Deste modo a palavra cidade se relaciona diretamente com população, com habitante. Os habitantes de campinas, a população de campinas.

            Nesta medida, a palavra cidade, significando o urbano, vai significar algo oposto, em certa medida, ao campo, ao rural.

            No entanto, a palavra cidade, dado o lugar que o tipo de organização urbana tem no mundo contemporâneo, pode ser um sinônimo de município. Por uma certa sobreposição semântica, cidade, de algum modo, além de seu sentido de espaço organizado de uma certa maneira, tal como dito acima, significa também o que município significa, ou seja, há um sentido de cidade que é sinônimo de município e deste modo é possível dizer Campinas tem mais de um milhão de habitantes com o sentido de Campinas é um município com mais de um milhão de habitantes (habitantes da cidade, do espaço rural, de seus diversos distritos). Não há necessidade de dizer Campinas é a sede de um município com mais de um milhão de habitantes.  Estes três enunciados são, em certa medida, sinônimos um do outro.

            Um aspecto importante a observar, ainda, é que cidade, enquanto significando um certo espaço demográfico com uma certa aglomeração populacional, aparece relacionada a palavras como vila, vilarejo e povoado. E aqui volta a questão da relação município/cidade. Veja, podemos dizer toda cidade é sede de um município, e não podemos dizer toda vila/vilarejo/povoado é sede de um município. Ou seja, a diferença de cidade para vila, vilarejo, povoado é que toda cidade, além de suas características de modo de ocupação de um espaço, é predicada pelo que caracteriza político-administrativamente o município.

             Há, ainda, um outro sentido interessante, que mostra mais uma vez como a palavra cidade toma sentidos mais gerais, além de seu sentido específico. Consideremos a expressão, a vida na cidade é muito diferente da vida no campo. O sentido desta expressão pode significar a vida na cidade (no seu sentido específico), e também, numa vila, num vilarejo, num povoado.

            Todos os sentidos de cidade, mais gerais ou mais específicos, de qualquer modo, se apresentam num espaço de relações que não se define pelo predicado da cidadania.

 

Eduado Guimarães, 02/09/2013