Publicações da Revista Rua

Rua 21-1 Junho 2015
A Revista Rua, após ter tido o privilégio de comemorar, no decorrer do ano de 2014, seus 20 anos de publicação, lança seu vigésimo-primeiro número ciente de sua responsabilidade no campo interdisciplinar do saber urbano e linguagem, no campo multidisciplinar dos estudos urbanos, e também no campo de uma política científica condizente com sua atuação inovadora que abre espaço para o debate e para a visibilidade de diferentes abordagens do espaço da cidade enquanto simbólico e político, trazendo a linguagem como um modo possível de compreensão das tensas e contraditórias relações que se embatem nos diferentes espaços no/do urbano. clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 20-2 Novembro 2014
Começamos a apresentação do volume II do número 20 da Revista RUA, fechando nossas celebrações aos 20 anos da revista. Pudemos contar, neste ano de 2014, com três publicações de RUA (volume I, número especial 20 anos, e o presente volume II), que registram sua potência na intervenção multi e interdisciplinar nos estudos sobre os espaços em que os sujeitos habitam, moram, circulam – ou não, porque interditados –, propondo sempre que os processos de significação em jogo, nestas diferentes formas de abordar a presença/ausência dos sujeitos em distintos espaços, seja tocado. clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua Edicao Especial Novembro 2014
Com satisfação institucional e alegria pessoal, apresentamos este número especial da Revista RUA que celebra 20 anos de sua publicação. A revista foi lançada de modo ousado. Seu formato (quadricular), sua capa (assinada por João Baptista da Costa Aguiar), a qualidade de suas folhas (de alta gramatura), colorida, tudo isso acompanhava e sustentava o principal: a proposta de um tema multi e interdisciplinar na área das ciências humanas – praticamente inexistente naquele momento. clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 20-1 Junho 2014
Get the Flash Player to see this rotator.
O ano de 2014 é muito significativo para a Revista RUA, pois nele a revista completa vinte anos de existência! No segundo semestre, apresentaremos um número especial comemorativo, mas não poderíamos começar de outro modo que não fosse o da celebração! Neste volume I de seu vigésimo número, RUA mantém sua política editorial de trazer à tela reflexões que tomem o espaço urbano como ancoragem analítica das diversas práticas significativas que nele se constituem, formulam, circulam. clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 19-2 Novembro 2013
Get the Flash Player to see this rotator.
A Revista RUA encerra o ano de 2013 com seu volume II do número 19, trazendo à tela um conjunto de reflexões analíticas importantes para aqueles que se interessam por questões contemporâneas que afetam os modos e os meios das relações sociais – e, portanto, relações de sentido – se configurarem, espacializando, no sujeito e com o sujeito, processos de significação importantes de serem notados quanto à cidade, ao corpo, à tecnologia, à língua em diferentes formas de organização e circulação: enquanto língua estrangeira, enquanto literatura, música, poesia. clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 19-1 Junho 2013
Get the Flash Player to see this rotator.
Estamos em meio a um acontecimento histórico que ainda merecerá muitas análises por nos demandar uma reflexão cuidadosa e consequente que não nos capture em meio a uma dispersão construída milimetricamente pela mídia que divide “baderneiros” – com suas paráfrases promovendo indistinções e sobreposições – e “manifestantes pacíficos” – um monobloco que apaga na unidade.  clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 18-2 Novembro 2012
Get the Flash Player to see this rotator.
Neste décimo oitavo número da revista Rua, encontramos diferentes modos e formas de compreender processos complexos de significação do homem na história (no espaço, na língua). Compreensões que mobilizam diversas ancoragens analíticas e referenciais teóricos na incansável busca de mostrar as tensões e contradições constitutivas das relações sociais. clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 18-1 Junho 2012
Get the Flash Player to see this rotator.
Neste segundo volume do décimo sétimo número da revista RUA, completa-se quatro anos da mudança para o formato eletrônico e dezessete anos de ininterrupta publicação dessa revista. Mantendo sua proposta multidisciplinar, RUA reúne em sua seção Estudos dez artigos que, trabalhando com diferentes materialidades, discutem a força política dos sentidos significados em seus diferentes trajetos. clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 17-2 Novembro 2011
Get the Flash Player to see this rotator.
Neste segundo volume do décimo sétimo número da revista RUA, completa-se quatro anos da mudança para o formato eletrônico e dezessete anos de ininterrupta publicação dessa revista. Mantendo sua proposta multidisciplinar, RUA reúne em sua seção Estudos dez artigos que, trabalhando com diferentes materialidades, discutem a força política dos sentidos significados em seus diferentes trajetos. clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 17-1 Junho 2011
Get the Flash Player to see this rotator.
A maioria dos artigos que compõem esta edição resulta de invenções e inspirações que povoaram o evento O que pode um cotidiano que divaga ao fabular? Com-fabulação... Ex-pressão... (2010), pensado numa conexão e proliferação a partir do filme Narradores de Javé (1003, direção de Eliane Caffé). Assim, estendemos essa proposta do evento aos autores que aqui expressam (des)conexões de suas ideias e pensamentos junto a dois projetos de pesquisa que atravessaram o evento já descrito: “Escritas, imagens e ciências em ritmos de fabulação: o que pode a divulgação científica?” (MCT/CNPq - No. 478004/1009-5) e “Olhares cotidianos da certificação turismo carbono neutro: logos e grafias de uma transformação na APA Itacaré-Serra Grande/BA” (Fapesb – No. nº 015/1009). clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 16-2 Novembro 2010
Get the Flash Player to see this rotator.
Com esse segundo volume do número 16 da revista RUA, completamos a quinta edição eletrônica da revista. Nesse volume, contamos com uma seção Estudos que enfatiza a pertinência e conseqüência de se trazer para a tela das discussões a relação entre a tecnologia, o espaço e o sujeito. Essa tecnologia é pensada nos diversos artigos enquanto técnica, instrumento, estética, política, não deixando margem de dúvida quanto à relevância heurística e política de tomá-la enquanto objeto de compreensão. clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 16-1 Junho 2010
Get the Flash Player to see this rotator.
Neste seu décimo sexto número, a revista Rua traz em sua seção estudos nove artigos que procuram compreender práticas sociais, citadinas, organizadas ou desorganizadas, que imprimem sentidos e divisões ao espaço e seus sujeitos. Discutindo com acuidade diferentes formas de nomear, designar, lembrar e esquecer sentidos, sobrepor sentidos, sempre no movimento incessante dos sujeitos e seus múltiplos gestos de interpretação, comparecem os artigos Cidade narrada, tempo vivido: estudos de etnografias da duração de Ana Luiza Carvalho da Rocha e Cornélia Eckert; Da parede ao corpo social: a carne que não satisfaz de Gesualda dos Santos Rasia; clique aqui para continuar lendo este texto.

Rua 15-2 Novembro 1009
Get the Flash Player to see this rotator.
Neste segundo volume do número 15 da Revista Rua reúnem-se na seção Estudos artigos que trazem à tela a cidade em sua espessura, e nessa espessura o estético e o científico se afetam e produzem efeitos de sentido. Na relação com o conhecimento, na relação com os modos de dizer, na relação com a memória, sentidos se enredam e se fazem visíveis pelo gesto de análise. Neste mesmo batimento temos, na seção Artes, a presença de um recorte de cinco poemas do livro inédito de Marcos A. Ramos – O Corpo de uma Linha, objeto da resenha de Isadora Machado. Ao lado desse belo recorte poético, comparece o vídeo da Frente 3 de fevereiro – Bandeiras. clique aqui para continuar lendo este texto.


Rua 15-1 Junho 1009
Get the Flash Player to see this rotator.
Com esse número da revista RUA, temos acesso a um belo conjunto de nove artigos que compõem a seção Estudos, à obra re(PER)curso de Jônatas Manzolli & SPECS na seção Artes, à resenha de A cidade antiga de Fustel de Coulanges e às notícias das atividades realizadas pelo Laboratório de Estudos Urbanos no período de dezembro de 1008 a junho de 1009. Conforme adentramos na trama das reflexões dos artigos, temos a oportunidade de melhor compreender muitos dos elementos atuais que configuram modos de inscrição do sujeito no espaço urbano, tomado a partir de suas diferentes formas de materialização como a rua, os nomes próprios, as fotografias, as cidades biografadas, a tecnologia, a autoria, os movimentos sociais, a escola, os outdoors, enfim, formas...() clique aqui para continuar lendo este texto.


Rua 14-1 Junho 1008
Get the Flash Player to see this rotator.
Esse número 14 de Rua, além de inaugurar seu novo formato agora eletrônico, apresenta a novidade da presença da língua espanhola que passa a ser aceita na submissão de trabalhos a essa revista como uma evidente política lingüística que pensa o Brasil na América Latina. Nesse número contamos com seis artigos, um ensaio fotográfico – Via Sacra de Rosângela Morello - e uma resenha do livro Um campo de concentração francês. Os ciganos alsacianos-lorenos em Crest, 1915-1919, de Emmanuel Filhol. Na seção Estudos, temos a oportunidade de refletir sobre questões relativas a processos de identificação muito próprios ao espaço urbano, com efeitos de políticas de gestão do espaço público e, finalmente, com a...() clique aqui para continuar lendo este texto.

 

Versão Impressa
Número 13

Nessa décima terceira edição de Rua – que se abre como um periódico multidisciplinar que toma a cidade como objeto – reúnem-se quatro artigos que buscam, em materialidades diversas e por diferentes perspectivas teóricas e epistemológicas, tratar o modo como são significados e se significam os sujeitos urbanos em suas mais diversas formas de inscrição no espaço urbano.
Número 12

Neste número, a revista Rua traz na seção Estudos cinco artigos. No seu conjunto, estes textos se dedicam a refletir sobre as artes e sobre um seu correlato na nossa sociedade urbana, a mídia.Os artigos que tratam da questão da arte trazem para reflexão um cotejo interessante entre novos modos da arte hoje – em que o espaço da cidade está concernido – e a literatura que pensa esteticamente a cidade e um modo de estar nela ou passar por ela, e assim busca o sentido da existência humana. O texto que trata da questão da mídia faz uma análise sobre o modo como a mídia vem incluindo, como personagens seus, tipos e pessoas que fazem parte da parcela dos excluídos econômica e culturalmente e busca relacionar essa presença crescente ao novo papel social da televisão no atual panorama econômico do país. Num interessante diálogo com o conjunto de textos da seção Estudos, aparece em Artes um texto de Daniel Lima, “Daniel na cova dos leões”. Esta convivência entre a palavra crítica do artista e uma crítica que lhe olha de fora, traz para este número um efeito muito particular para seus leitores. A seção Resenhas e Notícias traz uma resenha sobre um livro muito interessante organizado por Luis Felipe Falcão e Pedro de Souza. Também nesta seção um relato das atividades desenvolvidas pelo Nudecri através do Laboratório de Estudos Urbanos e Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo.
Número 11

O presente número de Rua apresenta em sua seção Estudos cinco artigos que tratam de questões fundamentais para aqueles que se dedicam a refletir sobre a relação entre o sujeito e seus espaços. Toca-se aí em espaços como o espaço brasileiro de uma maneira mais geral, o espaço da mídia e, mais especificamente, o da divulgação científica, e espaços institucionais como o da escola.
Em sua seção Resenhas e Notícias, Carolina Fedatto apresenta o livro Cidade dos sentidos de Eni P. Orlandi, lançado em 1004.
Número 10

O número 10 de Rua reúne cinco trabalhos que nos colocam em contato com interessantes reflexões sobre os sentidos do corpo e do espaço na cidade (Arquitetura e Educação do Corpo: Notas Indiciais de Carmen Lúcia Soares e Andrés Zarankin, (In)Visibilidades Urbanas: a Reinvenção do Largo daCarioca ao Longo de Quatro Séculos de Maria da Graça Cassano, Corpo:Empírico e Imaginário de Eliana Lucia Ferreira). A estas reflexões somam-se outras duas, a da ética, tão importante na vida contemporânea (Ética, Pesquisae Análise do Discurso de Bethania Mariani, que abre este número), e dos modos de participação da adolescência na sociedade hoje (Escutando aAdolescência nas Grandes Cidades Através do Grafite de Rodrigo Lages e Silva, que completa esta seção da revista).
Número 9

Neste Número Rua traz um conjunto de textos que refletem, de um lado, sobre a cidade, a partir da linguagem, da cultura, da análise do espaço, e, de outro, sobre a questão da mídia e sua relação com as práticas sociais e de linguagem.
Número 8

Rua traz neste número um conjunto de textos em um espaço multidisciplinar desenhado por geógrafos, antropólogos, lingüistas, analistas de discurso e poetas. Neste espaço são discutidos aspectos reconhecidos como próprios da vida urbana, e outros que, embora não necessariamente remetidos de modo direto às questões da cidade, são também próprios de um mundo contemporâneo característicamente urbano.
Número 7

Os artigos deste número 7 da revista Rua colocam em debate posições sobre cidade, mídia, ciência, religião, linguagem, a partir de diferentes domínios disciplinares. Com este número da revista fazemos uma homenagem à Profa. Brigitte Schlieben-Lange, de quem publicamos aqui um artigo que atesta, tal como toda sua obra, a alta qualidade e relevância de seu trabalho intelectual.
Número 6

A Revista Rua traz neste número, no seu sexto ano de existência, um conjunto de artigos que reflete sobre questões próprias da vida social urbana de hoje, nos seus variados aspectos.
Edição Especial

Este número especial da revista Rua reúne os textos apresentados em torno do tema “Urbanizar a Cidade?”, na 1ª. Jornada Científica sobre Saber Urbano e Linguagem, do projeto “O Sentido Público no Espaço Urbano”, financiado pela FAPESP.
Número 5

Este número de Rua traz seis textos cujo interesse são aspectos fundamentais da questão social urbana. De um lado a identificação do sujeito urbano, de outro o funcionamento da mídia, e por fim a arte enquanto discurso.
Número 4

Este quarto número de Rua se faz, de um lado, com textos de Eni Orlandi e Emmanuel Filhol, expondo reflexões sobre processos de significação como paráfrase, polissemia e heterogeneidade enunciativa e, de outro, com textos de Mónica Zoppi Fontana, Clarinda Lucas e André Corten. Esgotado
Número 3

Este terceiro número da revista Rua reúne um conjunto de artigos que abordam desde a questão do trabalho e da escrita até a questão metodológica da entrevista na pesquisa urbana, passando pelo cinema de animação e pela literatura.
Número 2

Rua reúne no seu segundo número textos de sociólogos, arquitetos, biólogos, analistas de discurso, ao lado de um ensaio fotográfico que dialoga diretamente com o texto “Os Desafios da Ecologia Urbana”. Esgotado
Número 1

Este primeiro número traz textos que procuram discutir, de um lado, relações entre as linguagens verbal e não-verbal, a história e a literatura e, de outro, a questão do sujeito moderno em abordagens histórica e psicanalítica, o fenômeno da música popular e a mídia na sua relação com a linguagem e o político. Esgotado

Versão digitalizada:
Clique aqui para acessar.