O discurso ufanista materializado no corpo

The vainglorious discourse incorporated on the body

Naiara Souza da Silva*
Stella Aparecida Leite Lima**





     

Resumo:

Este texto visa a refletir, no âmbito da Análise de Discurso (AD) de tradição pecheuxtiana, sobre o imaginário que perpassa a representação de um sujeito gaúcho acerca do Estado do Rio Grande do Sul (RS). Este sujeito, afetado por um imaginário social sobre os valores de seu Estado, materializa um discurso ufanista em seu corpo, por meio da tatuagem da bandeira do RS. Entendendo as tatuagens como textos portadores de discursividade, nosso objetivo é produzir uma leitura a partir de sentidos que ela nos possibilita, levando em consideração a questão da constituição de sentido e a noção de memória discursiva. Com relação ao sujeito tatuado, em seu gesto simbólico de tatuar a bandeira, observamos a presença do político, em especial quando produz um discurso de grandeza de seu Estado.
Palavras Chave: Imaginário; Gaúcho; Tatuagem; Sentido



Abstract:

This paper aims to reflect, in the context of Michel Pêcheux’s Discourse Analysis (DA), on the imaginary that passes through the representation of a gaucho subject about the State of Rio Grande do Sul (RS). This subject, affected by a social imaginary about the values of its State, embodies a vainglorious speech on its body through the tattoo of the flag of RS. Understanding tattoos as discursive texts, our goal is to produce a reading from the senses that it enables us, taking into account the constitution of meaning and the notion of discursive memory. Regarding the tattooed subject, in its symbolic gesture of tattooing the flag, we observe the presence of the politician, especially when it produces a speech of greatness of its State.
Keywords: Imaginary; Gaucho; Tattoo; Sense





Para citar essa obra:
SILVA, N. S.; LIMA, S. A. L.; O discurso ufanista materializado no corpo. In: RUA [online]. no. 23. Volume 1 - e-ISSN 2179-9911 - Junho/2017. Consultada no Portal Labeurb – Revista do Laboratório de Estudos Urbanos do Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade.
http://www.labeurb.unicamp.br/rua/


DOI: http://dx.doi.org/10.20396/rua.v23i1.8649797

--------------------------------------------------------------------

* Universidade Católica de Pelotas (UCPEL). Mestre em Letras (UPCEL). Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Letras: Linguística Aplicada (PPGL/UCPEL), atuando na linha de pesquisa: Texto, Discurso e Relações Sociais. E-mail: naiaraa_souza@hotmail.com. Membro do Laboratório de Estudos em Análise de Discurso (LEAD/UCPEL). End. Rua Félix da Cunha, 412, sala 415C, Centro, 96010000 - Pelotas, RS Endereço: Rua Félix da Cunha, 412, sala 415C, Centro, 96010000 Pelotas - RS. E-mail: naiaraa_souza@hotmail.com
** Universidade Católica de Pelotas (UCPEL). Licenciada em Letras (UCPEL). Especialista em Letras pelo Curso de Especialização lato sensu da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Letras: Linguística Aplicada (PPGL/UCPEL), atuando na linha de pesquisa: Texto, Discurso e Relações Sociais. E-mail: staple_li@hotmail.com. Endereço: Rua Félix da Cunha, 412, sala 415C, Centro, 96010000 Pelotas - RS. E-mail: staple_li@hotmail.com